Sugestões

Paula Margarido

Minha trajetória até aqui me mostrou que não consigo ser verdadeiramente compassiva sem consciência política. Mas como ser feliz e ao mesmo tempo ser consciente das dores do mundo? Como ser uma ativista firme e ao mesmo tempo contribuir para a cultura de paz? Para mim, esse é um verdadeiro dilema existencial.

X

X

Acesse sua área restrita. Caso não tenha cadastro faça e venha fazer parte dessa comunidade.

Cadastre-se

Ou faça o login pelo Facebook:

X

Para enviar a sua história faça o login ou cadastre-se

Cadastre-se

Ou faça o login pelo Facebook: